Acima da cifra oficial, 42 milhões declaram ter tido covid na pandemia

Opinião Pública -

Três em cada dez (30%) dos brasileiros declaram ter tido covid desde o início da pandemia, sendo que 25% disseram ter feito teste para confirmar esse diagnóstico. A projeção de casos a partir desse dado aponta que 42 milhões de brasileiros com 16 anos ou mais tiveram covid desde que teve início a pandemia.Para confirmar a informação sobre o número de brasileiros que tiveram covid, foi realizada uma contrachecagem entre os entrevistados que declararam terem sido contaminados e feito o teste.

Leia mais »

11% vêem pandemia totalmente controlada

Opinião Pública -

O otimismo dos brasileiros com relação ao controle da pandemia do coronavírus registra índice recorde. A parcela que avalia que a pandemia está totalmente controlada vem crescendo e pela primeira vez alcança dois dígitos, 11% (era 9% em setembro, 5% em julho, 4% em maio e 2% em março). Sete em cada dez (68%) avaliam que a pandemia está em parte controlada (era 71% em setembro, 53% em julho, 42% em maio, 18% em março e 33% em janeiro) e 20% avaliam que a pandemia está fora de controle (mesmo índice de setembro). Uma fração de 1% não opinou (mesmo índice anterior).

Leia mais »

Brasileiros têm final de ano mais otimista

Opinião Pública -

Os brasileiros chegam ao final de 2021 menos pessimistas do que encerraram 2020, pelo no que se refere a expectativas com a economia do país. Para 42%, a situação econômica do país irá melhorar nos próximos meses, e 35% avaliam que ficará como está. Um em cada cinco (20%), por outro lado, têm expectativa de piora, e 3% não sabem. Em dezembro do ano passado, 41% esperavam por deterioração na situação econômica do país, e 28% esperavam por um quadro mais positivo.

Leia mais »

41% reprovam desempenho do Congresso Nacional

Opinião Pública -

Pesquisa Datafolha mostra que a taxa de aprovação ao desempenho do Congresso Nacional vem recuando ao longo do ano e alcançou o índice mais baixo da atual legislatura (2019-2022). O trabalho do Congresso Nacional é avaliado como ótimo ou bom por 10% (era 13% em setembro e 14% em julho de 2021), como regular, por 45% (era 40% em setembro) e como ruim ou péssimo, por 41% (era 44%). Uma parcela de 4% não opinou (era 3%).

Leia mais »

Reprovação a governo Bolsonaro fica estável, em 53%

Opinião Pública -

Pesquisa Datafolha mostra que os índices de aprovação e reprovação ao governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) se mantiveram estáveis na comparação com a pesquisa anterior, de setembro. O índice de reprovação ao governo Bolsonaro se manteve no patamar mais alto desde o início do seu mandato, 53% avaliam o governo como ruim ou péssimo (mesmo índice de setembro). Uma parcela de 24% avalia o governo Bolsonaro como regular (mesmo índice anterior), 22% avaliam como ótimo ou bom (mesmo índice anterior) e 1% não opinou.

Leia mais »